Canetas-tinteiro para iniciantes

Sob muita pressão de certas pessoas1 resolvi escrever sobre como começar a brincar com canetas-tinteiro. Precisei ser pressionado por que, pra ser ser sincero, eu não acho que tenha muito mistério.

Comecei o hobby em 2014 por acaso. Procurando uma lapiseira eu vi uma promoção de caneta-tinteiro e resolvi comprar no impulso. A caneta em questão era a Crown Capricci, essa belezinha aqui:

Eu realmente não sabia nada sobre canetas-tinteiro e só comprei por estar na promoção e achar ela bonita. Ela já vem com um cartucho de tinta2, então começar a usar foi bem simples. Inclusive tem vídeo das minhas primeiras experiências3:

E foi uma boa experiência. Gostei da ideia da caneta, de como ela escrevia, do visual dela. E isso me fez querer buscar canetas novas. Então a minha dica para quem quer iniciar é: consiga uma caneta-tinteiro. Qualquer uma. A que tiver na papelaria, a que couber no seu orçamento. Não tem resposta errada.

Assim que conseguir, é claro que você vai precisar aprender a usá-la. E não precisa ter medo, é uma caneta. Você segura e movimenta e ela risca o papel. Sério, não tem mistério. Não vai demorar muito para você perceber que nem todo papel é de qualidade, ou que a tinta da caneta acaba. E é nesse momento que você começa a entrar no hobby. Ou descobre que canetas-tinteiro não são para você, também é possível.

Mas se você realmente quer minha sugestão, aqui vão algumas.

Canetas

Minha primeira caneta-tinteiro comprada de forma consciente foi a Pilot Metropolitan. É uma caneta excelente para ser a sua primeira. Relativamente barata, de metal e com um ótimo controle de qualidade. Em breve4 faço um post só pra ela. Ela é ótima pra quem não quer chamar tanta atenção, já que tem um visual bem discreto. Infelizmente a minha teve um fim trágico:

A Pilot também tem a Kakuno, uma caneta mais fofinha, mas com a mesma pena da Metropolitan. A vantagem da Kakuno é que é fácil de encontrar ela no Brasil. A Kakuno é feita de plástico no entanto.

Outra caneta excelente para começar é a TWSBI Eco. Também relativamente barata, mas bem mais cheia de personalidade. Toda transparente5, ela é uma caneta de pistão6 com bastante capacidade de tinta, pra você que escreve muito.

Além do modelo da caneta-tinteiro, é preciso ficar atento ao tamanho da pena. Existem penas de vários tamanhos, da mais fina até a mais grossa, e o tamanho varia bastante de marca para marca. Se você gosta de escrita super fina, escolha as pontas finas7. Mas quanto mais fina é a pena, mais arranhada fica a escrita. Minha recomendação é começar na ponta média.

Talvez voce não goste de tudo na sua primeira caneta, afinal você ainda nem sabe do que gosta. Mas não desista. Veja as coisas que voce gostou e pesquise para sua próxima aquisição8. Traço muito grosso? Escolha uma caneta com pena mais fina. Não gostou do peso/ergonomia? Tem vários materiais, tamanhos e formatos de caneta.

E por último: Evite canetas chinesas super baratas. Não por que são ruins necessariamente, mas pelo controle de qualidade. As canetas chinesas são interessantes, mas não como primeira caneta. Qualquer problema de qualidade nela vai acabar deixando uma má impressão sobre canetas-tinteiro no geral.

Caneta Pelikan Jazz
Caneta Pelikan Jazz
Link de associado da Amazon. Comprando pelo link você contribui com o Canetada!

Tintas

Depois de escolher sua primeira caneta vem o próximo passo: Tintas. Verifique se a caneta já vem com um cartucho de tinta e um conversor9.

Se ela vier com conversor ou tiver um mecanismo de recarga embutido, você pode utilizar tintas de potes de vidro. Se não, você precisa providenciar o conversor ou uma seringa para reutilizar os cartuchos. Fique atento para o modelo da sua caneta.

Já para as cores, o bom das canetas-tinteiro é que tem muitas. Mesmo! Mas sugiro que você comece devagar. Compre tintas básicas para você poder usar no seu dia a dia antes de inovar. Opte por tinta preta ou azul royal para não chamar atenção. Mas se quiser um pouco de personalidade, arrisque no azul escuro ou turquesa. As tintas da linha Pelikan 4001 são excelentes para isso, e com um preço bem bom.

Infelizmente por muito tempo as canetas-tinteiro foram transformadas em itens de luxo e status. Canetas caríssimas apenas por serem de marca. Felizmente isso tem mudado nos últimos anos. Muitas marcas acessíveis e de extrema qualidade vem trazendo canetas-tinteiro cada vez mais baratas e até melhores que as de luxo.

No fim, eu gosto das minhas canetas por elas serem ferramentas de escrita. Se me proporcionar uma boa experiência eu não me importo se for uma caneta barata ou uma de marca de luxo. Pra alívio do meu cartão de crédito que não precisa se preocupar com edições limitadas de peças artísticas em forma de caneta…

Tinta Herbin Orange Indien
Tinta Herbin Orange Indien
Link de associado da Amazon. Comprando pelo link você contribui com o Canetada!

  1. Você mesmo, não finge que não é com você não

  2. Que você pode aprender mais sobre clicando aqui

  3. Filmado com uma batata, obviamente

  4. Confia e espera!

  5. O termo é “demonstradora”

  6. Que você também pode aprender mais sobre clicando aqui

  7. Duh

  8. É aqui que começa o problema…

  9. Adivinha: você pode aprender mais sobre clicando aqui